Skip to main content

Entrequadras

Brasília, 1990.
Um mundo paralelo invisível para os adultos e com suas próprias regras.
Onde as gangues são a lei.
Essa é a história de quatro crianças que vão enfrentar esse mundo e sair mais fortes.
Aventura épica. Amizade inabalável. Reviva os anos 90.

Assista o Teaser.

SINOPSE

Aventura, amizade e adrenalina nas entrequadras de Brasília.

Brasília, 1990. Gangues de adolescentes dominam as entrequadras. Um mundo sem lei, invisível para os adultos. Quando morre Mad Max, o líder de uma das gangues, seu irmão de 13 anos, Palito, se vê em meio a uma guerra secreta e uma família despedaçada. Quando o conflito entre as gangues ameaça manchar a memória do irmão e invadir o mundo dos adultos, Palito precisa abandonar seu luto e adentrar o território inimigo para tentar salvar o que resta de sua família. Palito só pode contar com os seus amigos: Kiko, Gama e Buiú. Juntos, eles passam a se envolver com o mundo das gangues, curtindo a adrenalina e o perigo. Mas logo esse mundo se vira contra eles: amizades são testadas e eles se vêem presos em um caminho sem volta. O que começou como uma divertida aventura, logo se torna uma perseguição frenética, resultando na maior batalha que Brasília já viu.

Sobre o filme

Baseado em fatos
inacreditavelmente reais.

Entrequadras é um filme que revela uma faceta desconhecida de Brasília, a capital do Brasil. Ambientado em 1990, o filme acompanha a jornada de Palito, um garoto de 13 anos que perde o irmão mais velho, Mad Max, líder de uma das gangues que dominavam as entrequadras da cidade. Em meio ao luto e à guerra secreta entre as gangues, Palito conta com a ajuda dos seus amigos Kiko, Gama e Buiú para tentar salvar o que resta da sua família e da sua infância. Mas logo eles percebem que o mundo das gangues é mais perigoso e complexo do que imaginavam, e que suas escolhas terão consequências irreversíveis. Entrequadras foi inspirado pelas histórias reais de pessoas que viveram em Brasília nos anos 90, quando a cidade ainda buscava sua identidade após o fim da ditadura e o início da democracia. O filme usa locações, figurinos, músicas e gírias autênticas para criar uma atmosfera fiel à época e ao lugar. O filme também explora temas universais de amizade, lealdade, masculinidade e conflito, que moldaram as vidas e as relações de toda uma geração.

Oportunidade de Mercado

O gênero favorito do público brasileiro.

No quesito performance comercial, uma pesquisa da OCA de 2018 demonstra o potencial de filmes de aventura com o público brasileiro, ainda mais considerando a discrepância entre o histórico de sucesso desses filmes e a oferta nacional: filmes de aventura são responsáveis por 38,26% dos espectadores, mas apenas 1,01% da produção nacional é desse gênero. E mais: filmes de aventura têm a maior média de público por lançamento de filmes nacionais, mas uma das menores médias de filmes lançados por ano. Além disso, o gênero normalmente tem uma boa penetração no mercado internacional. É um potencial inexplorado: um gap entre o que o público pede e o que é produzido, um espaço em que ENTREQUADRAS se encaixa perfeitamente.

38.26

dos ingresso vendidos são para filmes de aventura.
Nostalgia que cativa

Uma história atemporal que encanta várias gerações. Descubra o poder da amizade nessa emocionante jornada.

Faixa Etária

Direcionado principalmente a adolescentes, jovens adultos e adultos com interesse na década de 90 (14 a 29 anos/29 a 49 anos)

Perfil Cultural e Geográfico

Embora seja ambientado em Brasília nos anos 90, aborda temas universais, visando públicos internacionais, especialmente fãs do cinema latino-americano.

Perfil Socioeconômico

Alcança desde a classe A, que consome cinema independente, até as classes C e D, que podem se identificar com as experiências retratadas.

Público de Aventura

Segundo a OCA, a aventura é o gênero mais popular no Brasil (38% do público), mas sub-representado em produções nacionais (1%). ENTREQUADRAS preenche essa lacuna.

Visão do Diretor

Entrequadras é uma história coming of age inspirada em fatos reais que une drama e aventura nos anos 90. O clima do filme lembra em alguns momentos Conta Comigo (1986), This Is England (2006) e Caçadores de Emoção (1991). É entretenimento, mas também é um retrato sincero dos jovens brasileiro dos anos 90, de como a arquitetura de Brasília fez da cidade um microcosmo extremo do que acontecia com a juventude no resto do país. O filme tem elenco jovem e começa com uma pegada leve, com música retrô e diversão. Aos poucos a história se aprofunda em questões como a masculinidade tóxica e seus efeitos na amizade.

O estereótipo da violência brasiliense, que tomou o noticiário nacional no início dos anos 90, oculta o laço familiar que existia entre jovens que cresceram nesse ambiente. Éramos filhos de imigrantes de todo o país que aprenderam a aceitar as diferenças de cada um dentro de um grupo extremamente unido… mas fechado para quem era de fora. O personagem Kiko é inspirado em um desses garotos. Grande, valente e emotivo. Talvez a perda prematura do meu melhor amigo de adolescência tenha unido ainda mais minha “galera”? O certo é que essas memórias e sentimentos estão vivos dentro de mim e espero transpor para os atores e a tela do cinema.

Estaremos com os amigos Kiko, Buiú, Palito e Gama – uma garota – algo incomum na época. A inclusão da garota começou como questão afirmativa minha como pai de menina, mas transformou a narrativa. Tornou a relação e os sentimentos entre eles mais complexos e trouxe clareza para o arco temático da história. Em meu último filme tive muita sorte com um elenco que brilha na tela e espero repetir o feito. Encontrar os quatro amigos é uma parte essencial do meu trabalho em Entrequadras.

Usaremos lentes anamórficas para valorizar o horizonte da cidade, teremos momentos “retrôs”, despertando uma nostalgia do que assistíamos na TV, mas vamos além do visual e de acontecimentos do passado. Teremos momentos crus e de impacto onde reviveremos como nos sentíamos naquela época. Hoje, trinta anos depois, enquanto discutimos se foi o mundo que mudou ou se fomos nós que mudamos, as crianças continuam crescendo e passando por questões parecidas com as que vivemos. Eu tenho fé de que aqui em casa vai dar tudo certo. Por que ao longo desses anos percebi que nas épocas mais difíceis, a vida nos dá os melhores amigos.

Conheça o time responsável por Entrequadras.

Diretor e roteirista

Filipe Gontijo

Filipe cativa o público com sua abordagem inovadora e envolvente, explorando a liberdade, imaginação e fantasia em suas obras cinematográficas.

Filipe Gontijo é um diretor e roteirista brasiliense que estreou no cinema em 2006 com o premio de direção no 39o Festival de Brasília. Desde então ele tem experimentado com filmes interativos, verticais e de realidade virtual cinemática. Seu amor pela liberdade, imaginação e fantasia se manifestam no seu quixotesco longa-metragem de estréia, Capitão Astúcia.
Com Entrequadras o cineasta promete retratar a história não contada de uma geração com seu olhar único e amoroso que vem conquistando diversos prêmios de público em festivais de cinema.
Co-produtora

BdeVaca Filmes

BdeVaca Filmes: contando histórias únicas para um público jovem e conectado com a cultura local.

BdeVaca Filmes é uma produtora independente fundada em 2010 por Eduardo Gomes e Octávio Mendes. A produtora se dedica a contar histórias originais e criativas, com foco no público jovem e na cultura local. Entre os seus projetos estão os curtas-metragens Ballet, a série da HBO Em Nome dos Pais, e os longas-metragens Capitão Astúcia e Entrequadras.
Distribuidora

O2 Play

O2 Play: levando filmes brasileiros para diversas plataformas de exibição, conectando o público com histórias cativantes e diversificadas.

Ator

Ruan Aguiar

Ruan Aguiar, o vilão Merreca da novela Fuzuê, conquistou papel de destaque na novela das 7 da TV Globo.

Ruan Aguiar, o vilão Merreca da novela Fuzuê, conquistou papel de destaque na novela das 7 da TV Globo.
Ator

Ênio Cavalcante

Ênio Cavalcante atuou no filme Sideral, que participou da edição de Cannes 2021 e que recentemente ganhou um dos festivais mais importantes dos EUA, o Palm Springs Internacional Short Films Festival. Na Rede Globo participou das Séries Amores Roubados e Onde Nascem os Fortes. No Streaming terminou as gravações de Cangaço Novo, uma produção O2 FILMES lançada na Amazon Prime Vídeo.

Ênio Cavalcante atuou no filme Sideral, que participou da edição de Cannes 2021 e que recentemente ganhou um dos festivais mais importantes dos EUA, o Palm Springs Internacional Short Films Festival. Na Rede Globo participou das Séries Amores Roubados e Onde Nascem os Fortes. No Streaming terminou as gravações de Cangaço Novo, uma produção O2 FILMES lançada na Amazon Prime Vídeo.
Ator

Juliano Cazarré

Juliano Cazarré caiu nas graças do público com o personagem Alcides, da novela Pantanal; Atuou nos filmes Tropa de Elite, Boi Neon e vai estar em O Auto da Compadecida 2. Atualmente está na novela Fuzuê, da TV Globo.

Juliano Cazarré caiu nas graças do público com o personagem Alcides, da novela Pantanal; Atuou nos filmes Tropa de Elite, Boi Neon e vai estar em O Auto da Compadecida 2. Atualmente está na novela Fuzuê, da TV Globo.

Um filme pessoal, para toda uma geração

Talvez a perda prematura do meu melhor amigo de adolescência tenha unido ainda mais minha "galera"? O certo é que essas memórias e sentimentos estão vivos dentro de mim e espero transpor para os atores e a tela do cinema.

Filipe GontijoDiretor e roteirista

Faça Parte Dessa Aventura.